Monthly Archives: Abril 2012

Ainda sobre os brinquedos . . .

Vídeo realizado pela Comissão Europeia no âmbito da campanha de sensibilização dos pais face à segurança dos brinquedos que compram para os seus filhos.

Anúncios
Com as etiquetas , , , ,

Procura-se emprego 3

Vigilante de crianças – Moimenta da Beira

Educadora estágio – Lisboa

Educadora – Setúbal

Educadora – Miranda do Corvo

Com as etiquetas , , , , ,

Como escolher os brinquedos para as suas crianças

Quando compramos brinquedos raramente pensamos se estes se adequam à faixa etária e à criança para a qual se destinam. No entanto, devemos ter sempre em mente aquilo que procuramos efectivamente num brinquedo, isto é, se queremos um brinquedo mais pedagógico ou mais lúdico.

Quanto à segurança, uma das coisas que poderemos logo fazer antes de efectuar a compra é ler a caixa do brinquedo, ver onde foi fabricado, se tem manual de instruções e se este está escrito em português, o material de que é feito e a idade a que se destina. Também temos de pensar nas peças pequenas que eventualmente poderá ter, daí ser muito importante verificar a idade a que se destina. Há também a possibilidade de as peças terem pontas perigosas, assim como peças, que por muito maiores que possam ser, ou parecer,  podem desmontar-se facilmente o que poderá tornar-se perigoso.

É importante pensar na idade da criança, no material com que o brinquedo foi executado, as condições em que o brinquedo se encontra e as competências que queremos desenvolver com o mesmo. Sim, porque além da segurança da criança também devemos pensar que um brinquedo tem funcionalidades para além da simples brincadeira.

Um brinquedo pode ter componentes mais lúdicas e componentes mais pedagógicas. Por exemplo, é comum encontrar brinquedos musicais com versão em português e outra em inglês de modo a que a criança se inicie em palavras básicas numa outra língua que não a sua. Outro exemplo são os puzzles que são um excelente meio para fomentar o desenvolvimento do raciocínio lógico da criança. No entanto, a criança obviamente não pensa em nada disto quando está no seu momento de brincadeira, assim espera-se que seja o adulto a ter isso em conta no momento em que decide comprar o brinquedo.

Podemos então concluir que é importante ter em atenção dois factores importantes na escolha de um brinquedo, factores estes que não devem ser descurados. São eles a segurança e a funcionalidade.

Com as etiquetas , , , ,

Procura-se emprego 2

Educadora de infância – Lisboa

Educador/a de infância e animadores sócios-culturais – Setúbal

Educador/a de infância – Lousada

Babysitting – Viseu

Professor/a de ensino básico – educador/a de infância – Porto

Educadora de infância- estágio profissional – Faro

Com as etiquetas , , , , , , , , ,

Procura-se emprego . . .

Hoje decidimos criar aqui uma rubrica para ajudar quem procura emprego relacionado com crianças.

Assim publicaremos, sempre que possível, algumas ofertas de emprego ligadas à educação de infância.

Como estas ofertas serão encontradas pela Internet não nos responsabilizamos pela sua veracidade. Pretendemos apenas agrupar as ofertas neste espaço, identificando sempre a sua origem para ajudar educadores, auxiliares, animadores, formadores a encontrar um emprego.

Quem quiser ajudar a enriquecer esta nova rubrica é muito bem-vindo 🙂

Com as etiquetas , , , , , , ,

Educar a brincar . . .

“Não eduques as crianças nas várias disciplinas recorrendo à força, mas como se fosse um jogo, para que também possas observar melhor qual a disposição natural de cada uma.”

(Platão)

Com as etiquetas , , , , , , ,

Notícias insólitas….

Uma menina de apenas 10 anos deu à luz um bebé na Colômbia….

É no mínimo chocante quando nos deparamos com uma notícia destas… O que dizer?

Bebé dada como morta encontrada com vida na morgue!

 Sem dúvida um pequeno milagre!! Imagine-se o choque daqueles pais quando se aperceberam que afinal a filha estava viva.